quinta-feira, 31 de julho de 2014

Rondônia é hoje um dos principais destinos turísticos do Brasil

Rondônia é hoje um dos principais destinos turísticos do Brasil. O segundo Estado mais jovem do País chama atenção por sua rica fauna e flora, que encantam visitantes que apreciam ecoturismo e aventuras radicais.
O artesanato é uma das mais fortes manifestações culturais do estado. Beleza, criatividade e simplicidade são algumas das características das peças decorativas feitas de madeira, sementes, cerâmica, cipó, barbante, tecido e muitos outros materiais. Já o artesanato indígena é feito com sobras de madeira, resíduos da floresta e papelão.
O folclore rondoniense é um espetáculo à parte, com lendas que recebem toda a influência amazonense e indígena. Lá, o visitante escuta inúmeras histórias, das Iaras que seduzem os homens e os levam para seus reinos encantados; botos que dançam nas festas e emprenham donzelas; cobras-grandes, curupiras, caaporas, Matintapereira, cabeças voadoras de pessoas transformadas em duendes que vagam à noite, entre outros.
Os amantes de aventuras radicais podem descer as corredeiras do Rio Machado, "feitas" especialmente para a prática do rafting, canoagem e do boia-cross. Já no Polo de Guajará-Mirim é possível fazer trilhas dentro da Floresta Amazônica, além de pescar no Rio Mamoré.

Competitividade

A cidade de Porto Velho, capital de Rondônia, foi um dos municípios da região Norte que teve, em 2013, maior evolução do Índice de Competitividade do Turismo, indicador criado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Sebrae, para medir o estágio de desenvolvimento dos destinos turísticos do País. A cidade faz parte de um grupo seleto de 18 municípios premiados pelo Ministério do Turismo (MTur).
Para medir a competitividade dos destinos, o estudo divide os municípios entre capitais e não capitais. São avaliadas 13 variáveis em 65 municípios, incluindo todas as capitas brasileiras. O Índice de Competitividade foi lançado em 2008 e está em sua quinta edição.

As variáveis pesquisadas são: Infraestrutura Geral, Acesso, Serviços e Equipamentos Turísticos, Atrativos Turísticos, Marketing, Políticas Públicas, Cooperação Regional, Monitoramento, Economia Local, Capacidade Empresarial, Aspectos Sociais, Aspectos Ambientais e Aspectos Culturais.

Rondônia realizará o primeiro concurso público para professores indígenas

Após diversas reuniões e reivindicações dos índios, o primeiro concurso público específico para professores, técnicos e sabedores indígenas no Brasil teve o contrato firmado e será realizado em Rondônia através da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). O edital do concurso está em fase de elaboração pela Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) e em breve será divulgado.
Em 2010 foi criada a Lei Complementar Estadual 578, que garante a educação para os povos indígena, criando quadro de educadores e técnicos indígenas fazendo com que os mecanismos de conhecimento das diferentes etnias e aldeias sejam respeitados e repassados por meio de integrantes do próprio povo.
Desde então, inúmeras reuniões foram realizadas com representantes da Organização dos Professores Indígenas de Rondônia e Noroeste de Mato Grosso (Opiron), Seduc, Ministério Público Federal (MPF) de Rondônia e Superintendência Estadual de Administração e Recursos Humanos (Searh) para alinhar as solicitações das comunidades indígenas junto com a legislação e, então, firmar a realização do concurso.
Inicialmente, de acordo com a gerente do Recursos Humanos da Seduc, Rita Ramalho, o concurso ofertará 130 vagas para técnicos, professores níveis superior, magistério e especial – entendido como sabedor indígena. Além disso, Rita afirma que haverá também quadro reserva com previsão de futura ampliação de contratação. “Este edital terá um formato diferenciado dos concursos convencionais, com intuito de garantir as especificidades dos povos indígenas”, explica.

O secretário de Estado da Educação, Emerson Castro, avalia a conquista como um grande passo para a educação não só em Rondônia, como no Brasil. “Mesmo sendo o Estado com o maior número de etnias do país, ainda tivemos certas complexidade do certame. Mas planejando, trabalhando e dialogando, mostramos que é possível avançar na segurança do direito à educação para todos”, finaliza. 

Crea-RO promove palestra aos estudantes do curso de Engenharia Civil

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de Rondônia (Crea-RO), Engº Civil Nélio Alencar, dando continuidade ao programa de aproximação do Conselho com as Instituições de Ensino Superior, realizou no dia 29 de julho, uma palestra para aproximadamente 40 alunos. 
A palestra foi direcionada aos estudantes do último período do curso de Engenharia Civil, da Faculdade de Rondônia (Faro). Nélio Alencar, além de trocar conhecimentos com os estudantes, falou ainda sobre a missão e o papel social do Conselho. 
“Desde o início da nossa gestão, buscamos aproximar o órgão das universidades e faculdades que abrangem os cursos ligados ao Sistema, esclarecendo sobre o objetivo do Crea Rondônia e a importância do registro profissional”, falou o presidente.
Na oportunidade, ele apresentou também um balanço das principais ações executadas e relatou sobre os convênios firmados com o Conselho.
“A extensão da área de atuação do Crea também é realizada através dos termos de cooperações firmados com as prefeituras e demais órgãos públicos, a fim de coibir o exercício ilegal das profissões, aperfeiçoar a sistemática de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e fomentar o intercâmbio de informações. A área de fiscalização também merece ser destacada. Implantamos, recentemente, a Caneta Digital. Ela é uma ferramenta que tem a finalidade facilitar os trabalhos dos fiscais e tornar eficiente o lançamento das informações diretamente no sistema tecnológico do Conselho”.
O atendimento on-line, outra iniciativa da atual gestão, também foi destacado no encontro.
“Realizamos todos os serviços prestados no Conselho, de forma online. Em breve, vocês farão parte do Sistema, e poderão contar com este atendimento que visa facilitar a vida do profissional proporcionando maior comodidade e utilizando esses serviços prestados em qualquer lugar que tenha o acesso a rede mundial de computadores, sem a necessidade de deslocamento até a sede”, relatou Nélio Alencar.
Ao final, foi promovido um debate, no qual os participantes sanaram as dúvidas acerca do Conselho e da modalidade de Engenharia Civil.  O gerente de Relações Institucionais do Crea-RO, Odair Teles, também esteve presente.

Eleitores de 45 a 59 anos estão na faixa etária predominante nas Eleições 2014

Em um universo de 142.822.046 eleitores aptos a votar nas eleições de outubro, a faixa etária predominante é a de eleitores de 45 a 59 anos. São atualmente 33.790.849 (23,66%), número que, se comparado às eleições gerais de 2010, subiu cerca de 1%. Naquele ano, os eleitores nessa faixa etária somavam 30.753.427. Os dados constam das Estatísticas do Eleitorado 2014, disponíveis no Portal do Tribunal Superior Eleitoral na internet.
Entre os idosos, com idades acima dos 60 anos, a evolução do eleitorado também subiu em relação a 2010. Em 2014, os eleitores idosos chegam a 24.297.096 (17% do total), cerca de 2% a mais do que em 2010, quando somavam 20.769.458 (15,29% do total da época).
Em relação ao eleitorado jovem de 16 e 17 anos, eles somam 1.638.751 (1,15%), número inferior à mesma faixa etária de 2010, quando chegavam a 2.391.352 (1,76% do total de eleitores à época). Vale destacar que as estatísticas de 2014 consideram a idade do eleitor no dia do primeiro turno das eleições (5 de outubro) e não mais no ato da regularização do título, como era feito anteriormente.
Nas eleições municipais de 2012, mais de 2,9 milhões de eleitores na faixa etária de 16 e 17 anos votaram para os cargos de prefeito e vereador. A Constituição Federal prevê o voto facultativo para os jovens maiores de 16 anos e menores de 18 anos.

Campanhas

Com o tema “Eu me represento: eu voto” e o slogan “Vem para a urna”, o TSE veiculou este ano campanha dirigida aos jovens de 16 e 17 anos em emissoras de rádio e televisão, com o objetivo de incentivar esse público a procurar um cartório eleitoral para tirar seu título.
A campanha também teve o objetivo de fortalecer a cidadania, estimulando a participação do eleitor jovem nos rumos da política nacional, por meio do voto consciente, votando em candidatos com a ficha limpa e, em seguida, com ações de fiscalização da atuação de seus representantes. Além disso, a iniciativa buscava evitar a formação de filas nos cartórios às vésperas da eleição.
Com o hashtag “vempraurna” e o mote “Seu voto vale o Brasil inteiro”, a fanpage oficial do TSE no Facebook foi reativada para dar um recado aos eleitores brasileiros: votar é um exercício de cidadania e é por meio do voto que os brasileiros podem se fazer ouvir. Na página, os internautas ficam por dentro das principais dicas sobre as eleições, o recadastramento biométrico e a história e características da urna eletrônica. Com postagens diárias, os eleitores também se informam sobre os serviços eleitorais e as principais datas do calendário eleitoral.

As informações estatísticas dos eleitores são obtidas a partir dos dados do cadastro eleitoral extraídos e consolidados mensalmente. Estatisticamente, para as eleições deste ano, deve-se consultar o mês de junho como referência.

Abertas inscrições para estágio na Defensoria Pública de Rondônia

O defensor público-geral do Estado, Antonio Fontoura Coimbra, abriu nesta quarta-feira, 30, as inscrições para o processo seletivo para provimento de vagas e cadastro de reserva de estágio de Direito, Psicologia e Serviço Social para a Defensoria Pública de Rondônia (DPE-RO) em Porto Velho e Ji-Paraná. As inscrições encerram dia 15/08. O edital está disponível no site da instituição: www.defensoria.ro.gov.br.
Podem participar universitários matriculados a partir do sétimo período do curso de Direito, e a partir do 5º (quinto) período no curso de Psicologia e Serviço Social das faculdades conveniadas com a Defensoria - Unir, Fimca, Ulbra, Unesc, Uniron, São Lucas e Faro.
São 16 vagas para Direito, sendo 04 para Ji-Paraná e 12 para Porto Velho. Já os estágios para Psicologia ( 02 vagas) e Assistente Social (02 vagas) são destinados exclusivamente para Capital. O estagiário receberá bolsa-auxílio no valor de R$ 800,00, mais auxílio-transporte.

As inscrições para Capital devem ser feitas na sede da instituição, na Avenida Padre Chiquinho, 913, Bairro Pedrinhas, fone 3216-5013; em Ji-Paraná, os interessados devem se dirigir ao núcleo da DPE, localizado na avenida Marechal Rondon, 527, fone 3422-7112. Em ambos, o horário de inscrição é das 8:00 às 13:00. As provas serão realizadas nas duas localidades.

Últimos dias de inscrições para os cursos técnicos e de pós-graduação do Senac

O ambiente virtual de aprendizagem acessível de qualquer lugar e a flexibilidade de horário são alguns dos fatores que levam as pessoas a optarem por curso de pós-graduação e técnicos a distância. O Centro Universitário Senac, com seus 238 polos em todo o país, proporciona ensino de qualidade reconhecida a alunos de 26 Estados. Para o segundo semestre deste ano, a instituição amplia seu portfólio oferecendo dois novos cursos de Pós-Graduação, Sistemas de Gestão Integrados da Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde no Trabalho e Responsabilidade Social; e Gestão Estratégica em EAD. As inscrições para o processo seletivo serão realizadas até 4 de agosto para os cursos de pós-graduação e até 10 agosto para os cursos técnicos..
Os cursos a distância são ofertados por meio do Portal Senac EAD, www.ead.senac.br, e contam com a maior rede de ensino deste tipo no País, para aplicação das avaliações presenciais. Podem participar interessados que possuam acesso à internet e estejam cursando ou concluído o Ensino Médio para os cursos técnicos, e para os curso de pós-graduação àqueles que já concluíram a graduação. Também é necessário ter disponibilidade de participar de um encontro presencial por semestre para avaliações obrigatórias no pólo escolhido pelo aluno para os cursos de pós, já os técnicos os encontros presenciais ocorrerão uma vez por mês, com datas agendadas já no início do curso.
São 238 polos de oferta a distância no país em 26 unidades da federação: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.
O SENAC/Ji-Paraná também faz parte desta rede.
Reconhecidas pelo modelo educacional, as especializações do Centro Universitário Senac – que completa 25 anos de atuação no ensino superior neste ano - estimulam o potencial empreendedor no aprendizado, aliam teoria à prática e promovem o contato do aluno com profissionais renomados do Brasil e do exterior, por meio de parcerias com empresas e instituições.
Os cursos de pós-graduação a distância com inscrições abertas para o segundo semestre de 2014 são:
Docência no Ensino Superior;
Docência no Ensino Técnico;
Tecnologias na Aprendizagem;
Design Instrucional;
Gestão Estratégica em EAD; (novo)
Gestão Escolar;
Gestão Empreendedora;
Gestão do Relacionamento com o Cliente;
Gestão de Pessoas;
Gestão de Marketing;
Gestão Empresarial;
Gestão do Varejo;
Gestão e Governança da Tecnologia da Informação;
Gestão da Segurança de Alimentos;
Gestão Cultural: cultura, desenvolvimento e mercado;
Educação Ambiental para a Sustentabilidade;
Sistemas de Gestão Integrados da Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde no Trabalho e Responsabilidade Social. (novo)
Inscrições para os cursos técnicos do Centro Universitário Senac

Período: de 30/06/2014 a 10/8/2014

SEMUSA é insensível com servidores atingidos por barragens

Na manhã de ontem (30), Orleans visitou algumas unidades de saúde e encontrou muitos servidores do Baixo Madeira lotados nos diversos serviços. Muitos deles enfrentando situações delicadas. Uns em casa de familiares e outros morando de aluguel, principalmente nas zonas sul e leste, tendo em vista a disponibilidade de propostas de moradia mais baratas.
Segundo o vereador Sid Orleans muitos atingidos que vieram do Baixo Madeira, foram lotados em lugares opostos de ondem estão morando e receberam a resposta seca de que eles não teriam direito de escolher e seriam lotados segundo a necessidade da SEMUSA. “Três servidores que estão residindo na zona Sul, por mais que implorassem, foram lotados na zona Leste. Se não existisse a necessidade na UPA, na policlínica Manoel Amorim de Matos, no Caladinho, no Renato Medeiros, eu até entenderia embora não concordasse porque esta é uma situação diferenciada e o secretário Domingos, enquanto gestor mais uma vez não teve nenhuma sensibilidade porque parece que deixou o poder subir a cabeça. Eu o conheci, como servidor público, bem humilde e a vida toda subordinado ao Coordenador da FUNASA”, desabafa o Parlamentar.
Os servidores ainda falaram para o vereador, que são obrigados a pegar dois ônibus para chegarem ao trabalho e que nem sempre conseguem fazer a integração. “A maioria esmagadora recebem líquido menos que mil reais pelo trabalho mensal, paga aluguel porque tiveram que vir para Porto Velho para não receberem salário sem trabalhar, até que as suas localidades sejam repovoadas, e ainda foram obrigados a passar por esta dificuldade. Esta é a gestão desastrosa e inesquecível do Dr. Mauro Nazif”, finaliza o legislador.

A assessoria informou que Orleans já está estudando uma forma no Legislativo, assim que a Casa de Leis voltar do recesso, para resolver esta questão.

Iniciadas as obras de alteamento da ponte ferroviária de Jacy-Paraná

As obras de alteamento (elevação) da ponte ferroviária desativada da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, localizada no km 798 da BR 364, em Jacy-Paraná, já começaram.
A ponte metálica será alteada em 2,15m, passando dos atuais 3,65m, para 5,80m, evitando que a estrutura, que tem mais de 100 anos, fique submersa nos períodos de cheia dos rios Madeira e Jacy-Paraná. 
Mesmo com estudos de consultorias especializadas em cálculos estruturais de pontes apontando que não haveria prejuízo da estrutura com a ação da água da cheia do rio, a Santo Antônio Energia, atendendo uma solicitação da Secretaria Estadual de Esporte, Cultura e Lazer (Secel), iniciou as obras no dia 4 de julho visando a conservação deste importante patrimônio histórico de Rondônia.
A ponte é formada por treliças metálicas apoiadas sobre bases de concreto. São três vãos, sendo dois menores de aproximadamente 23 metros de comprimento cada um e o maior de 85 metros. Nesta primeira etapa da obra, estão sendo colocados macacos hidráulicos com capacidade para 100 toneladas nas extremidades dos dois vãos menores.
Os macacos hidráulicos irão elevar as cabeceiras destes vãos aos poucos. A cada 50 cm de alteamento, é feito um “calço” metálico na base da ponte, e, posteriormente, ocorre a concretagem da base (fundação) de concreto armado. O trabalho se repete até atingir os 2,15m. A mesma atividade será feita no vão maior e a conclusão da obra está prevista para novembro. Durante os cinco meses de obras trabalharão no local cerca de 20 pessoas

História

Todas as pontes e pontilhões existentes ao longo da Madeira-Mamoré foram construídos no período de 1907 a 1912. A ponte de Jacy-Paraná (palavra que em tupi guarani quer dizer Rio da Lua) é a de maior vão livre. A ferrovia foi erguida para trazer a borracha da Bolívia, através de Guajará-Mirim a Porto Velho, e para levar alimentos da capital rondoniense até o Acre. 

A estrutura da ponte é em aço e pesa mais de 200 toneladas. O livro Estrada de Ferro Madeira-Mamoré - Uma história em Gravuras, da historiadora Yêda Borzacov, menciona relatos de ferroviários que em 1922 teriam presenciado uma grande enchente no rio Madeira, fazendo com que seu afluente Jacy-Paraná invadisse o lastro da ponte, inundando a via férrea. Já naquela época a estrutura era reconhecida como um conjunto de flexibilidade e de forças admiráveis, perpetuando a genialidade da arquitetura norte-americana.

Morador de rua é atropelado enquanto dormia embaixo de caminhão

O cidadão identificado apenas como Nilsão, morreu no final da tarde desta última quarta-feira (30), após ser atropelado por um caminhão que estava estacionado na Rua Renato Medeiros, centro da Capital.
Informações colhidas com uma moradora dão conta que o caminhão estaria estacionado no local, quando o morador de rua deitou para dormir embaixo do veículo. 
O motorista do pesado caminhão atropelou e matou Nilsão quando saiu com o veículo, passando com as rodas em cima da cabeça da vítima.
A perícia da polícia técnica da Polícia Civil esteve no local e após realizar os trabalhos de praxe, o corpo foi removido para o Instituto Médico Legal.

Mulher de 28 anos é encontrada morta por sitiante dentro de matagal

A Central de Operações da Polícia Militar recebeu uma denúncia por volta de 07 h e 45 minutos desta quarta feira (30), informando que havia um corpo de uma mulher jogado às margens da estrada da promessa no setor prosperidade na área rural de Cacoal.
Diante da grave denúncia, uma guarnição de Rádio Patrulha foi encaminhada até o local, onde constatou a veracidade das informações, encontrando o cadáver com um saco de estopa e duas sacolas plásticas cobrindo a cabeça da vítima.
Após a chegada da Perícia Técnica, foi constatado que a mulher tratava-se da garota de programas Rosangela Sovete, 28 anos, que estava desaparecida desde a ultima terça feira. A vítima apresentava sinais de estrangulamento e dois cortes profundos na cabeça provavelmente causados por facão. Segundo a Perícia Técnica, o corpo apresentava várias escoriações, caracterizando que Rosangela foi morta em outro local e teve o corpo desovado a margem da estrada durante a noite.

A Polícia Civil da 1º Delegacia de Cacoal, já iniciou os trabalhos de investigação e pretende em curto intervalo de tempo chegar até o autor do bárbaro crime.

TAC define obrigações para realização da Exposição Agropecuária de Machadinho

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Machadinho do Oeste, firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), por meio do qual disciplina a realização da Exposição Agropecuária de Machadinho do Oeste (Expoaama), bem como o desfile da cavalgada que abre a feira. A festa ocorrerá no período de 27 a 31 de agosto.
O Termo de Ajuste foi proposto pelo Promotor de Justiça Jônatas Albuquerque Pires da Rocha e versa sobre as medidas de segurança, ordem urbanística, defesa dos direitos da criança e do adolescente, do consumidor e proteção ao meio ambiente, além de abordar questões eleitorais.
A esse respeito, conforme o TAC, está proibida a realização de campanha eleitoral na cavalgada e na Expoaama, estando vedada aos candidatos, partidos políticos e coligações a promoção de qualquer ato de cunho eleitoreiro, como a distribuição de santinhos, bandeiras ou qualquer outro material de campanha.
Para a Cavalgada, o TAC veda a participação de veículo de carga tipo carreta, carroça, caminhão, caminhoneta, ônibus e utilitários em geral no evento com pessoas na carroceria, exceto o carro da rainha da festa e das princesas e trios elétricos, todos previamente vistoriados pelo Corpo de Bombeiros, a quem também caberá fiscalizar os trios elétricos que integrarão o desfile.
Segundo o documento, ficam proibidas a instalação de piscinas e caixas d'água nos trios, a comercialização de bebidas alcoólicas e a utilização de churrasqueiras, chapas ou grill. É vedado, ainda, o uso de garrafas ou vasilhames de vidro de qualquer espécie.
O TAC também proíbe a ocupação de animais por mais de uma pessoa e sua condução por menores de 12 anos, além da queima de fogos.
Para a Expoaama, o Termo de Ajuste define que a Polícia Militar manterá, no mínimo, três viaturas e 20 homens em patrulha na sede da Associação dos Agropecuaristas de Machadinho do Oeste (AAMA).

O Município de Machadinho do Oeste disponibilizará equipe de limpeza e coleta de lixo no parque de exposições uma vez ao dia. Caberá à Administração Municipal disponibilizar equipes de Vigilância Sanitária para adotar as providências necessárias quanto às questões de higiene e limpeza nos locais de preparo, fornecimento, consumo e acondicionamento ou armazenamento de alimentos e bebidas em geral no parque de exposição na Expoaama.

Pedófilo é condenado por filmar e espalhar cenas de sexo com menores

O Juiz de Direito, Bruno M. Ribeiro dos Santos, da comarca de Cerejeiras (RO), condenou o pedófilo autônomo D.P.O, de 24 anos, a quatro anos e oito meses de prisão, além de 11 dias multa, por ter filmado cenas de sexo com duas menores, à época uma com 17 e a outra com 15 anos.
Segundo a decisão, ele gravou o conteúdo audiovisual e posteriormente os divulgou, fato que causou grande constrangimento às meninas. Na decisão, o Juiz de Direito baseou sua sentença no artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
De acordo com a sentença, as imagens foram feitas em 2010. Entretanto, a denúncia foi levada ao conhecimento da justiça no dia 31 de janeiro de 2014, dias depois que os vídeos começaram a circular pela cidade.
D.P.O. foi intimado e confirmou autoria da produção dos vídeos, e disse que as menores haviam autorizado as gravações. A menina de 15 anos chegou até emprestar o celular para capturar as imagens, como relata a decisão judicial.
Em depoimento, as meninas informaram que sabiam das gravações, porém, segundo elas, D.P.O. garantiu que teria apagado as imagens. Ambas confirmaram que só tomaram conhecimento da popularização dos conteúdos quando terceiros lhe procuraram para informar sobre o fato. Uma delas, que estava grávida, fora expulsa de casa após a família tomar conhecimento do caso, e teve sangramento por conta do problema.
O Juiz concedeu ao réu direito de recorrer da decisão em liberdade, a qual foi aplicada em regime semiaberto, por uma série de fatores, dentre eles, a boa conduta do acusado, por ter colaborado com o processo confirmando autoria dos vídeos, entre outras situações.

Entretanto, o que mais chamou a atenção na decisão do juiz, foi com relação ao comportamento das meninas durante as cenas de sexo. “Não há que falar em comportamento das vítimas. De outra banda, entendo que as vítimas em considerável medida contribuíram para as práticas delituosas, inclusive diante do teor das filmagens. Uma foi feita com seu próprio celular, e a prova destes autos, inclusive as filmagens obtidas, denunciam que nenhuma delas era inexperiente em práticas sexuais precoces”, argumentou.

Vigilância desmente boato de enfermeira que estaria transmitindo HIV de propósito

Nota de esclarecimento

Ji-Paraná, 29 de julho de 2014

Nesta data a Divisão de Vigilância Sanitária recebeu algumas ligações que deram notícia da seguinte mensagem alastrada em redes sociais, em especial no “WhatsApp”:
“Pessoal....se vocês forem ao Centro e por ventura alguém lhe aborda e pedirem pra vocês fazerem a medição da glicose...Denuncie, pois este está passando o vírus do HIV...repassando! Repassem para os contatos de vocês!
Vigilância Sanitária que mandou e a PM. Ela ta vestida como enfermeira. Cuidado. Repasse p familiares q recebemos comunicado do pessoal do Souza Aguiar. É muito serio isso em amigos...Repassando informação do tem. Steil, 4ºBPM”
A Divisão de Vigilância Sanitária de Ji-Paraná vem a público informar aos cidadãos ji-paranaenses que a mensagem disseminada no “WhatsApp” que deu conta de uma suposta enfermeira realizando exame de glicemia e transmitindo o vírus HIV no Centro da cidade NÃO É VERDADEIRA! 
O texto afirma que a informação foi repassada pelo “pessoal do Souza Aguiar” e, como é de notório conhecimento, “Souza Aguiar” é um hospital da cidade do Rio de Janeiro/RJ. Além disso, não existe em Ji-Paraná o 4º Batalhão de Polícia Militar.
A Divisão de Vigilância Sanitária não brinca com saúde pública e toda e qualquer informação sobre infrações, problemas sanitários e decorrências só são enviadas a órgãos, público e impressa oficialmente.
Certa de contar com vossa cortesia e colaboração.

Fabiani Santiago Menezes
Diretora da Divisão de Vigilância Sanitária

Decreto n.º 2.917/GAB/PMJP/2014

UHE Santo Antônio já pode testar a UG32 em Rondônia

A Agência Nacional de Energia liberou nesta quinta-feira, 31 de julho, o início da operação em teste da unidade geradora UG32 da UHE Santo Antônio (RO - 3.580 MW). A unidade tem potência de 69,59 MW. A eólica Faísa V teve as unidades UG1 a UG10, de 2,1MW cada, liberadas para teste. A eólica fica em Trairi (CE).

A Aneel o início da operação comercial das unidades geradoras UG 1 a UG13 da EOL Faísa II. A eólica também se localiza em Trairi e as turbinas liberadas somam 27,3 MW.

Vizinhos negam que vítima de facadas tenha tentado estuprar neto em Porto Velho

Vizinhos do idoso de 60 anos de idade que foi esfaqueado pelo próprio filho, em Porto Velho, rebateram as acusações de que a vítima teria tentado estuprar o neto. O autor das facadas, um homem de 25 anos, alegou que “não se controlou” ao flagrar o pai tentando estuprar o filho dele, neto da vítima, de dois anos de idade. Na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, nenhum inquérito foi aberto para averiguar o suposto estupro. Também não há boletim de ocorrência sobre o caso na Central de Flagrantes. A versão contada pelo suspeito também foi contestada por uma testemunha, em depoimento na delegacia.
A tentativa de homicídio aconteceu na tarde da última terça-feira (29), no Bairro Nova Esperança, Zona Norte da capital. O delegado responsável pelo caso não foi encontrado para palar sobre o assunto. O suspeito segue preso na Penitenciária de Médio Porte, o Pandinha.
Segundo os moradores, a criança sempre fica sob os cuidados dos avós, o idoso atingido e a esposa dele. Eles relatam também que o pai do menino teria sérios problemas com o uso excessivo de álcool e até drogas, o que geraria muitos conflitos entre o jovem e o pai dele. “Temos pena da mulher do idoso, ela tem que apartar as brigas do pai com o filho o tempo todo”, disse uma vizinha, que preferiu não se identificar.

O idoso ainda está internado no Hospital João Paulo II, onde foi atendido. Segundo a assessoria de imprensa da unidade hospitalar, a vítima chegou ao local em estado grave, mas foi atendido e não corre risco de morte. Não há previsão de alta. O suspeito está detido na Penitenciária de Médio Porte, o Pandinha.

Adolescentes em conflito com a lei vão receber atendimento jurídico

Um projeto de atendimento jurídico e social deve ser oferecido a 40 adolescentes em conflito com a lei. O projeto Presente conta com profissionais da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) de Porto Velho que devem iniciar os atendimentos na primeira quinzena de agosto.
Em reunião, o projeto foi apresentado à equipe técnica do Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Liberdade Assistida e Prestação de Serviço à Comunidade (MSEMA), que atende adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas, em regime de liberdade assistida ou que prestam serviços à comunidade.
Muitos deles ficam sem perspectivas pelas circunstâncias com seus direitos violados. "O projeto mostrará a esses adolescentes que eles ainda têm direitos", diz a coordenadora do MSEMA, Alice Ribeiro. Uma triagem está sendo feita e no início de agosto devem ser realizados os primeiros atendimentos. A assistente social Daiane Junqueira acrescentou que durante o projeto existe a possibilidade de mais adolescentes serem atendidos.

O projeto


O projeto será realizado pelo Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (CDCA) e deve ser colocado em prática após a indicação do adolescente ao serviço social. Com duração de dez meses, uma equipe, composta de advogado, assistente social e professor de história regional, deve desenvolver atividades pedagógicas para formação profissional, educativa e cultural dos adolescentes.

MP quer suspensão de licença para a construção do aterro em Rondônia

O Ministério Público de Rondônia (MP-RO) enviou uma recomendação à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental (Sedam) para que suspendam as licenças ambientais de construção do aterro sanitário de Cacoal (RO), distante 480 quilômetros de Porto Velho, e pede a paralisação das obras no local. A Sedam informou que ainda não recebeu nenhum documento oficial, mas assim que receber irá acatar o órgão.
De acordo com a promotora de Justiça Valéria Giumelli Canestrini, a decisão de expedir a recomendação foi tomada após a realização de uma audiência pública no mês de junho, onde a população provou existir recursos hídricos passíveis de contaminação, no Setor Prosperidade, local onde possivelmente será construído o aterro. "Nossa engenheira sanitarista estava na audiência e diante de várias reclamações dos moradores entendeu que deveria realizar um novo estudo", assegura.
A promotora explica que esse novo relatório será montado com o apoio de engenheiro e corpo técnico integrado do MP-RO. "Com esse novo estudo pretendemos dissipar as dúvidas e realmente verificar se a área é propicia para a construção do aterro, levando em consideração questões ambientais e sociais”, explica Valéria.
Apesar da Sedam ter um prazo de 20 dias para responder a recomendação do MP, o coordenador do meio físico do órgão Robinson Borges, afirma que irá acatar a recomendação e irá atender a todas as solicitações indicadas pelo MP-RO, porém afirmou que até o momento não recebeu nenhuma notificação.

No dia três de agosto acaba o prazo da prefeitura para que as atividades do aterro sanitário emergencial sejam encerradas,  caso esse prazo não seja cumprido o lixo de Cacoal será enviado para o aterro de Vilhena (RO).

Falta de recursos atrapalha realização de Duelo da Fronteira em Guajará-Mirim

Há dez dias da data marcada para acontecer o Festival Folclórico de Guajará-Mirim (RO), o Duelo da Fronteira, segue com situação indefinida. O evento está previsto para ocorrer entre os dias 8 e 10 de agosto. As agremiações alegam dificuldades financeiras para cumprir alterações no Bumbódromo Municipal recomendadas no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público de Rondônia (MP-RO).
No TAC definido em 2013 entre a organização, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar ficou estabelecido uma série de mudanças no Bumbódromo, como: reforma, emissão de alvarás, vistorias nas alegorias, treinamento de segurança, dentre outras. Na época, o evento não ocorreu e este ano o MP-RO executou judicialmente o termo firmado.
Segundo o vice-presidente da agremiação do Flor do Campo, Wenceslau Ruiz, as exigências deveriam ser menores. "Não temos verba para realizar um evento da grandiosidade dos anteriores. Realizávamos o evento com cerca de R$ 400 mil e temos apenas R$ 30 mil este ano. Em 2014 será um festival menor e há essa dificuldade para liberarem o festival", comenta.
Para a secretária de Cultura, Esporte e Turismo, Wisnete de Paula, outro local para realização do evento deve estudada. "O Bumbódromo não foi entregue, então estamos trabalhando para realizar a apresentação dos bois-bumbá em outro local. Vamos nos reunir para ver as possibilidades”, esplana Wisnete.

Obras

A reforma do Bumbódromo é de responsabilidade do Governo do Estado, mas ainda não começou. Segundo a secretária Executiva do Governo no município, Suzana Cury, aguarda posicionamento dos organizadores. "Os serviços de limpeza, reforma do muro e da parte elétrica serão realizados após as agremiações retirarem as alegorias", afirma.
O presidente do Malhadinho, Leonilso Muniz, alega que não têm onde colocar as estruturas. “Infelizmente temos um impasse, pois não temos onde por as alegorias. Se tirarmos de lá, teremos que colocar na rua, e seremos multados. Temos vontade, mas também temos dificuldades”, diz o presidente.

Duelo da Fronteira


A disputa de títulos entre os bois-bumbás Malhadinho, que traz as cores azul e branco, e Flor do Campo, com as cores vermelho e branco, começaram a partir de 1997 e em 2009 o Festival Duelo da Fronteira passou a acontecer no Bumbódromo Municipal. Atualmente cada boi-bumbá possui sete títulos.

Trio suspeito de fraude é detido com cartões de credito em Porto Velho

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 13 cartões de crédito, uma máquina de leitura de cartões e diversos documentos com três homens, nesta quarta-feira (30), em Porto Velho. Os suspeitos foram detidos, suspeitos de estelionato, e encmainhados para a Central de Flagrantes para serem ouvidos. A polícia informou que instituições financeiras serão consultadas para levantar possíveis registros de fraudes.
Os suspeitos foram detidos quando seguiam pela BR-364, sentido Porto Velho. Segundo a ocorrência, na abordagem foram encontrados dentro do veículo, além dos cartões e máquinas de leitura, extratos bancários, adaptadores para computador e diversos documentos. Ao ser questionado sobre a procedência dos cartões, um dos suspeitos assumiu que usaria os materiais para aplicar golpes em Porto Velho e Rio branco (AC).

Celulares e um computador também foram apreendidos Segundo a polícia, os homens foram detidos e permanecem na Central de Flagrante da capital.

Paraguaio participa de rodeio e busca vaga no nacional em Ariquemes

O rodeio é uma das principais atrações da festa do peão em Ariquemes (RO), município a 200 quilômetros de Porto Velho. Com sobrenome de artista, o peão Fernando Mozart, de 27 anos, quer ser um dos ganhadores do rodeio Qualify da 31ª edição da Exposição Agroindustrial do município, a Expoari.
No Brasil desde 2004, o estrangeiro conta que ser peão é sua profissão e por isso, cada prêmio é importante para o sustento da família. A maior dificuldade de Mozart é falar o português. Nascido do Paraguai, ele fixou moradia em Reserva do Cabaçal, no Mato Grosso, estado o qual representa na competição.
"Sou peão há 12 anos. Já montava no Paraguai e vim montar em São Paulo, depois Cascavel e outros lugares do Brasil. Já montei também no México e Espanha. Já ganhei várias premiações e este é o meu objetivo: passar para a final e levar o prêmio para casa", enfatiza o competidor.
Mas os outros peões garantem que ele não terá facilidade. Elizeu Vieira de Souza, de 29 anos, representa Jaru (RO) e está na profissão há sete anos. Desde pequeno morando em sítio, começou a montar ainda criança. Elizeu lembra que em 2007 teve uma lesão no joelho, que o deixou afastado cinco meses das competições.
Já Cleber Alves da Silva, de 28 anos, de Porto Velho, foi para Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) depois de uma competição. "Num rodeio, no Acre em 2010, o porteiro deixou a porteira aberta e depois de montar, o boi entrou comigo no brete e me imprensou contra as ferragens. Tive hemorragia interna, fiz cirurgia e fiquei dois dias na UTI. No entanto, consegui superar e voltar aos rodeios um ano depois. Isso é minha profissão", declara o peão.

O rodeio Qualify começou no sábado (26), com 40 peões inscritos. Nesta terça-feira (29), 24 ainda seguiam na competição. Nesta quarta, aconteceu a final, quando 10 peões irão garantir premiação e vaga no rodeio nacional, que começa nesta quinta-feira (31).

Rebelião em prisão de segurança máxima de Rondônia termina com 6 feridos

Terminou por volta de 4h (5h no horário de Brasília) a rebelião no presídio de segurança máxima de Vilhena, em Rondônia, município a 700 km de Porto Velho. Os presos encerraram o motim após apresentarem uma série de reivindicações ao juiz Adriano Toldo. Um promotor de Justiça e policias militares também participaram das negociações, que duraram oito horas.
A rebelião deixou seis feridos - todos detentos -, transferidos ao Hospital Regional de Vilhena. Não há informações sobre o quadro de saúde do grupo. O motim havia começado por volta das 20h (21h no horário de Brasília). Os presos querem, dentre outras reivindicações, horário de visita ampliado, afastamento do diretor do complexo, transferência de presos e permissão para fumar.
Cumprem pena no presídio, 216 detentos do regime fechado.
De acordo com a Polícia Militar (PM), as duas alas - A e B - foram tomadas pelos presos, que cortaram a energia do local e colocaram fogo em lençóis e colchões. Na ala A ficam os presos com menor grau de periculosidade. Os presos da ala B invadiram um corredor.
Segundo a Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) e o comandante da PM, Paulo Gonçalves, os presos reclamam ainda do banho de sol. Familiares dos presos começaram a chegar por volta das 23h no presídio que fica na BR-364, distante cerca de 15 km da região central de Vilhena. A visita, que acontece todas as sextas-feiras, foi suspensa temporariamente em virtude da ação dos presos.
A esposa de um detento, Letícia Lima, contou que passou na unidade de saúde, mas os nomes dos presos não foram informados. "Estamos sem notícia. A polícia não informa nada. Não sabemos se tem feridos ou mortos. O que disseram é que a visita está suspensa", diz Letícia. As mulheres de alguns presos entraram no presídio a pedido dos presos para ajudar nas negociações.

O presídio


O Centro de Ressocialização Cone Sul foi inaugurado em 2012 e tem capacidade para 256 presos. Em maio, oito presos fugiram após o banho de sol, mas a falta deles só foi percebida no dia seguinte após a contagem. Dos oito, seis continuam foragidos.

Moradores reclamam de animais soltos nas ruas de Cacoal

Os moradores de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, reclamam do número elevado de animais soltos nas ruas da cidade. O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) está em construção e deveria ter sido concluído há um mês. O antigo centro foi desativado em agosto de 2011, por estar instalado na área central do município. A nova obra deve custar quase R$ 900 mil.
Após a desativação do antigo CCZ, os animais abandonados não têm para onde serem levados e continuam soltos pelas ruas, o que incomoda a população. Para o ambulante Wanderson Neris, de 31 anos, os cachorros são a maioria, mas também é possível encontrar cavalos em via públicas oferecendo risco às pessoas no trânsito. "Está ficando cada vez mais perigoso esses animais nas ruas. As pessoas com frequência colidem em cachorros nas ruas. Eu já passei perto de bater em um cavalo a noite dentro da cidade", lembra Wanderson.
O atraso também incomoda os comerciantes. Cleuza Pereira Maciel, de 43 anos, é dona de um espetinho e, segundo ela, os cachorros são 'clientes' assíduos do comércio, conseguindo às vezes até espantar a freguesia. "É chato, pois as pessoas sentam para comer e logo um monte de cachorros ficam em volta. Eu encho uma garrafinha com água e tento espantá-los, mas os clientes já foram embora, achando que meu comércio é sujo, devido a grande quantidade de cachorros que ficam aqui", reclama dona Cleuza.

A obra


O novo prédio do CCZ começou a ser construído em outubro de 2013 e deveria ter sido entregue no dia 4 de julho deste ano. A unidade deverá ser referência na região e terá uma estrutura moderna e adequada para receber animais de pequeno, médio e grande porte. Mas por enquanto, sem a conclusão da obra apenas trabalhos voltados ao controle de roedores e vacinação estão sendo realizada pelo CCZ. A imprensa ligou para o secretário de saúde, mas as ligações e não houve retorno até a publicação desta reportagem.

TJ Rondônia vai ouvir depoimento de deputado estadual acusado de embolsar dinheiro de assessora

O Tribunal de Justiça de Rondônia se prepara para julgar o deputado estadual Flávio Lemos (PSDB), acusado pelo Ministério Público Estadual de ficar com dinheiro de uma assessora quando o parlamentar era vereador em Porto Velho.
Consta de Ação Civil Pública, que tramitou inicialmente na 1ª Vara da Fazenda Pública, que  Flávio Lemos , na condição de vereador do da Câmara Municipal de Porto Velho, no período de 01 de janeiro de 2003 a 01 de janeiro de 2005, desviou, em proveito próprio, a quantia de R$ 17.856,49, referente ao pagamento de remunerações destinadas à servidora pública Lúcia de Souza Vilhalva, nomeada para o cargo de assessora parlamentar da citada casa legislativa. 
Segundo restou apurado, Lúcia  é pessoa conhecida em Porto Velho por suas atividades assistenciais e, em razão disso, Flávio Lemos, ao contar com o seu apoio nas campanhas eleitorais, prometeu-lhe o cargo de assessora parlamentar caso conseguisse êxito no pleito para deputado federal, solicitando-lhe cópias de seus documentos pessoais. 
Flávio lemos  não foi eleito para o cargo de deputado federal, mas conseguiu um segundo mandato como vereador, nomeando então Lúcia , a partir de janeiro de 2006, para o cargo de assessora parlamentar da câmara municipal. Em 2008, ao solicitar exoneração, Lúcia  tomou conhecimento de que, na verdade, esteve nomeada para o cargo no período de 2003/2004, sem nunca tê-lo exercido ou recebido qualquer valor do erário municipal, não obstante o órgão público ter emitido cheques em seu favor, bem assim terem sido realizadas as respectivas compensações bancárias. 
Diante desses fatos, Lúcia  relatou os fatos ao Ministério Público, bem assim contratou Advogado para propositura de ação por danos morais, uma vez que solicitou explicações para Flávio lemos, contudo, ele recusou-se a prestar esclarecimentos. 
Restou demonstrado nos autos que no período investigado (2003 a 2004), Lúcia não exerceu qualquer cargo público, especialmente na Câmara Municipal de Porto Velho, não recebeu qualquer valor do erário e que os pagamentos dos servidores da Câmara Municipal de Porto Velho eram realizados por meio de cheques nominais e entregues ao vereador ou à pessoa por ele autorizada, 
Restou demonstrado,  ainda, que as assinaturas constantes como endosso dos cheques nominais em nome de Lúcia  não foram por ela realizadas, bem assim que a coleta dos padrões produzidos pelo denunciado Flávio  restou prejudicada porque realizados em letra de forma. A denúncia contra Flávio lemos, foi recebida pelo Tribunal de Justiça de Rondônia. 

Nesta quinta-feira, a desembargadora Marialva Henriques Daldegan Bueno, do TJ, determinou a citação e intimação do réu para que compareça à audiência de instrução designada para o dia 12.09.2014, às 9:00 horas, na sede do Tribunal. Flávio lemos concorre a uma vaga de deputado federal. 

Justiça revoga mandado de prisão de um dos acusados de participar do estupro e morte de Naiara Karine

Enquanto persiste o Ministério sobre quem mandou matar, pelo menos um dos acusados de participar do estupro e morte a facadas da estudante de jornalismo Naiara Karine, 18 anos, poderá responder ao processo em liberdade.
A juíza Euma Mendonça Tourinho, da 1ª Vara do Júri de Porto velho, concedeu habeas corpus ao funcionário público Wagner Strogulski de Souza, que se apresentou à justiça na manhã dessa quarta-feira e teve o seu mandado de prisão revogado pela magistrada. Ele estava foragido desde que foi apontado como um dos participantes do estupro e morte da estudante.
Até agora persistem vários pontos obscuros sobre o assassinato da jovem Naiara Karine, que trabalhava na loja da advogada e empresária Jaqueline Cassol, hoje candidata ao Governo pelo PP.

Bruno Cassol

Marco Antônio, o primeiro criminoso a ser levado a julgamento pelo estupro e assassinato de Naiara, disse que, durante o crime, tocou o telefone celular de um de seus comparsas e era um certo Bruno Cassol. Ao saber disso, Naiara Karine exclamou: “Eu estou aqui por causa do Bruno Cassol?”. Até hoje a Polícia Civil não divulgou se já identificou este Bruno Cassol e se ele teria algum parentesco com a família do senador Ivo cassol.
No seu depoimento perante o júri, Marco Antônio confirmou a participação no crime de estupro (negou a acusação de assassinato) e apontou seus comparsas, Francisco da Silva Plácido, agente penitenciário e empresário do ramo de vigilância; o garoto de programa Rony Clay, conhecido como Rony Madeira; o agente penitenciário Richardson Bruno Mamede das Chagas; um instrutor de auto-escola identificado por sargento Santana e Wagner Strouguslki de Souza, que nunca foi preso e teve seu mandado de prisão revogado nesta quarta-feira pela justiça.

Foi Richardson Bruno, segundo Marco Antônio, quem deu um laço com uma corda no pescoço de Naiara Karine e desferiu as primeiras três facadas na estudante, utilizando uma arma do tipo caça e pesca. Plácido, por sua vez, usou o celular da garota para filmar o estupro e o assassinato. No total, Naiara Karine recebeu 22 facadas e seu corpo foi abandonado na Lagoa do Sapo, no Ramal 15 de Novembro, a 10 Km da estrada da Penal, zona rural de Porto Velho.

LACEN investiga caso de doença de Chagas em paciente

Uma mulher de 19 anos que reside no município está acometida de doença de Chagas. A doença só foi descoberta em fevereiro quando a paciente teve um bebê, e na hora do teste do pezinho foi constatada a enfermidade.
Conhecida por tripanossomíase, a doença está sendo tratada no Centro de Medicina Tropical (Cemetron), em Porto Velho. A mulher  mora num travessão da linha vicinal 153, sentido distrito de Rondominas.
A equipe de epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde (Semsau) que acompanha o caso apurou que a paciente nasceu num travessão da linha vicinal 153, sentido distrito de Rondominas, e nunca fez viagens para fora do Estado. é possível que ela tenha contraído a doença de um inseto que habita a região. A doença de Chagas é transmitida através de um besouro  popularmente conhecido como “barbeiro” ou “chupão”.
Equipe de biologia médica do Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (LACEN), coordenada pela bióloga Alda Lobato, responsável pela área de entomologia médica, veio a Ouro Preto do Oeste nesta semana para fazer coleta de inseto barbeiro nas imediações do sitio onde a jovem mora. Depois a equipe do LACEN se dirigiu a Estação experimental da Ceplac, para uma reunião com o agrônomo entomologista doutor Olzeno Trevisan.
“A gente veio porque é um fato novo. Viemos fazer conhecimento da localidade em volta de onde ela mora hoje. Nossa parte é fazer o reconhecimento da área”, esclareceu a bióloga.
Segunda a bióloga do LACEN, insetos serão capturados para identificar as espécies que estão circulando na região. O técnico Pedro Bittencourt, da Semsau, acompanha a equipe do LACEN. 
A constatação de que havia percevejo contaminado pelo parasita trypanossoma cruzi foi aventada há  mais de 3 anos pelo entomologista Olzeno Tresvisan, pesquisador da Ceplac, que identificou insetos em palmeiras de coqueiros nas três florestas das Reservas contíguas ao estorno de Ouro Preto do Oeste.
O entomologista comentou a respeito do caso de doença de Chagas identificado em Ouro Preto do Oeste. “Nosso estado é uma porta aberta. Animais podem ter trazido insetos contaminados. Rondônia tem várias citações sobre o assunto”, considerou doutor Olzeno.
O pesquisador também falou sobre sua pesquisa de comportamento dos percevejos que habitam essa região do estado. Segundo o entomologista, pelo fato de o estado ter um clima muito quente, há espécie de barbeiros que migram para as florestas e habitam o interior das palmeiras, onde é mais fresco, e encontram alimentação abundante.


Criança de 3 anos é estuprada e padrasto é preso como principal suspeito do crime

Um homem foi preso em flagrante na tarde da última quarta-feira (30), no bairro Jardim Europa no município de Campina Grande, distante 130 km de João Pessoa (PB). Ele é o principal suspeito de ter estuprado a enteada de apenas 3 anos de idade.
Conforme informações de vizinhos, o homem estava sozinho com a criança e eles teriam escutado barulhos estranhos e de imediato denunciaram o fato ao Conselho Tutelar da região do Município.
De acordo com o conselheiro Zinaldo Gomes, a denuncia dava conta de que uma criança estava sendo espancada e uma equipe foi averiguar a situação e foi constatada que ela estava bastante machucada.
Ele informou ainda que imediatamente foram efetuados os procedimentos e a menina foi levada para a Delegacia da Infância e da Juventude em companhia da mãe. Depois de registrada a queixa, a criança passou por exames da Perícia e foi encaminha para o Hospital de Trauma de Campina Grande, onde permanece internada em observação. Segundo o laudo médico, foi confirmado que a menina além das agressões, ela teria sido abusada sexualmente pelo próprio padrasto.
A delegada da Infância da Juventude, Nercília Dantas, disse que a criança apresentava lesões nas pernas, na genitália, no rosto e estava muito machucada. “Quando vimos o estado dela, os agentes já entraram em campo para tentar prender o padrasto, suspeito das agressões. O flagrante que começou com lesão corporal e maus tratos também foi acrescentado o ato do abuso sexual, uma vez que, a perícia constatou o crime”, explicou.

De acordo ainda com a delegada, o padrasto terminou confessando o crime e que ele foi encaminhado para o Presídio do Serrotão onde aguardará julgamento da Justiça.

Grupo explode banco e foge atirando contra o destacamento da PM e residências na Paraíba

A Polícia Militar da Paraíba registrou mais uma explosão a banco no interior do estado. Desta vez, o alvo foi o município de Itatuba, localizado na região do Agreste da Paraíba.
De acordo com as informações da polícia, cinco homens teriam chegado a agência bancária em um Fiat Uno e praticaram o ataque durante madrugada desta quinta-feira (31). A polícia ainda chegou a trocar tiros com os bandidos, porém eles conseguiram furar todos os pneus da viatura.

Conforme ainda a polícia, os homens atiraram contra residências e o Destacamento da Polícia Militar. Eles conseguiram fugir porque grampos foram colocados nas estradas, o que impediu que outras viaturas, solicitadas pelo Destacamento de municípios vizinhos, seguissem na captura dos bandidos porque todas tiveram os pneus furados. Os policiais continuam efetuando diligências nos município de Fagundes e Aroeiras, mas até o momento ninguém foi preso.

Turismo na região do Brejo tem propiciado aumento na renda dos paraibanos

Cerca de 1.200 pessoas, de 11 municípios paraibanos, estão conseguindo renda adicional estimada em R$ 400 por mês, o que significa uma injeção de R$ 480 mil na economia da região do Brejo da Paraíba. Tudo se deve à implantação, a partir de 2012, do projeto Sebrae de Turismo de Experiência, que será estendido entre 2013 a 2016 para mais 18 municípios.
As informações são da Gestora de Turismo do Sebrae-PB, Regina Amorim, dadas durante a programação do Roteiro Caminhos do Frio, no município de Pilões que, inclusive, é um dos destaques do Projeto, que antes de ser iniciado exigiu um trabalho de reconhecimento da equipe do Sebrae-PB, inclusive, no sentido de convencer os empresários e pequenos produtores a aderirem à nova prática, abrindo seus estabelecimentos para os turistas.

Segundo Regina Amorim, “o Sebrae-PB, em parceria com as prefeituras locais, começou a atuar com o turismo de experiência desde 2012 e hoje já somam mais de 100 atividades criativas com foco na produção associada ao turismo, em Areia, Bananeiras, Conde, Pitimbu, Lucena, Cabedelo e Pilões, concluindo em agosto a consultoria no município de Alagoa Grande”.

Corretor de seguros é preso por aplicar golpes de R$ 36 mil em vítima de 70 anos

O corretor de seguros Ronaldo Henrique Ferreira, de 53 anos, foi preso em flagrante na manhã da quarta-feira (30), no centro de João Pessoa (PB), apontado pela Polícia Civil como estelionatário por ter lesado uma aposentada federal de 70 anos, aplicando golpes que podem ter causado prejuízos de R$ 36 mil. A identificação dele foi divulgada na Delegacia do Idoso.
A Polícia Civil informou que o corretor cuidava do seguro de vida da senhora e estava tomando empréstimos sem que ela soubesse, utilizando o nome da vítima. Após receber contracheques que traziam valores parcelados e desconhecidos, a aposentada começou a apresentar um comportamento diferente, o que chamou a atenção da família.
Os parentes descobriram o caso, denunciaram na Delegacia do Idoso e a Polícia Civil iniciou as investigações. Conforme a polícia, ele costumava tomar vários empréstimos de valores altos, de maneira fraudulenta, que somados já podem ter provocado um prejuízo de R$ 36 mil.
De acordo com a polícia, ele foi preso em flagrante enquanto aplicava mais um golpe na aposentada, dentro de uma agência do banco do Brasil, no Centro da Capital.
Ronaldo Henrique foi autuado por crime de estelionato e levado para a Penitenciária Desembargador Flósculo da Nóbrega (Roger) em João Pessoa. A Polícia Civil informou que o corretor pode ter aplicado o mesmo golpe em outras vítimas, o que ainda será investigado.

Se alguém achar que foi lesado (a) pelo corretor de seguros Ronaldo Henrique Ferreira, pode ligar para o Disque-Denúncia gratuito da Polícia Civil 197 e relatar o caso. A identidade será preservada.

Casos de trabalho infantil crescem no interior da Paraíba

Os registros de trabalho infantil cresceram 74,21% durante os festejos do Maior São João do Mundo, em Campina Grande, quando comparados os dados de 2013 e 2014. Conforme levantamento realizado pelo Conselho de Direito da Criança e Adolescente, enquanto em 2013 foram registrados 159 casos, neste ano foram 277. No caso de jovens identificados em situação de risco durante o Maior São João do Mundo, o número passou de 257 para 480.
Os números foram apresentados na manhã desta quarta-feira (30), no auditório do Museu Vivo da Ciência, em Campina Grande. De acordo com a presidente do Conselho de Direito da Criança e Adolescente, Socorro Carvalho, a meta até 2016 é cumprir o que determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e diminuir as desigualdades sociais entre esse grupo de jovens. Ela apontou que os principais gargalos acerca da violação dos direitos das crianças e dos adolescentes são combatidos com projetos voltados a educação, saúde, cultura, esporte e lazer.
O levantamento também aponta que os de casos de abusos e exploração sexual a crianças e adolescentes em situação de rua no Parque do Povo, em Campina Grande, aumentaram 88% entre 2013 e 2014, passando de 34 para 64 ocorrências neste ano. Os dados de exploração sexual são referentes ao período de janeiro a junho e foram apresentados também na manhã desta quarta-feira (30).
O aumento dos números, para o secretário executivo da Assistência Social de Campina Grande, Rubens Nascimento, é também um indicador de que agora há uma estrutura melhor para se registrar uma realidade que já existia. “Não havia na gestão anterior as condições necessárias para um eficaz registro de denúncias de várias vertentes de violação dos direitos da criança e do adolescente e agora estamos agora garantindo que isto aconteça”, explicou ele.
Para evitar a violação dos direitos das crianças e dos adolescentes, o secretário informou que estão sendo realizadas algumas medidas, tais como: acompanhamentos psicológicos, pedagógicos, resgate dos trabalhos nas casas de acolhimento, estão funcionando três unidades do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), e o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti).

“Futuramente estaremos também realizando um trabalho em conjunto com outras secretárias para funcionamento de uma casa de acolhimentos para dependentes químicos”, disse o secretário.

Divulgada programação do Festival de Inverno de Campina Grande

Um total de 33 apresentações de música, dança e teatro compõem a programação oficial do Festival de Inverno de Campina Grande, divulgada nesta quarta-feira (30). O evento, que acontece entre os dias 15 e 23 de agosto, vai ocupar os palcos do Teatro Municipal Severino Cabral, Teatro SESC Centro, Praça da Bandeira e Calçadão Cardoso Vieira.
A organização já tinha confirmado a presença da cantora Maria Gadú e a banda de reggae Yute Lions, uma das revelações do programa SuperStar. Outros destaques da programação musical são nomes locais como a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, Baú do Choro, Luiz Kiari entre outros.
Já na mostra de dança, a programação tem o espetáculo “Proibido Elefantes”, da companhia Gira Dança, do Rio Grande do Norte, que se apresenta na abertura, no dia 15. Já os paulistas do grupo Gentlemans de Rua (GRUA) se apresentam na rua nos dias 15 e 16. A programação ainda contempla apresentações da companhia de Goiás Dança Quasar, o Ballet da cidade de Niterói, dois espetáculos da Companhia Cisne Negro e mais dois da Cia Ponto de Partida.
A programação teatral conta no dia 16 com  o espetáculo “Alice no País das Maravilhas” do grupo mineiro Giramundo, que reúne animação, música ao vivo, dança, tipografia e cinema. Também se apresentam o monólogo “Livro”, com texto do dramaturgo pernambucano Newton Moreno e o ator Eduardo Moscovis como estrela.
Veja a programação completa
15 de agosto - Sexta
17h - Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, na Praça da Bandeira
20h30 - Grua (SP), na parte externa do Teatro Municipal Severino Cabral
21h - Gira Dança (RN), Teatro Municipal Severino Cabral
16 de agosto - Sábado
10h - Grua (SP)  e Cia Corpo em Trânsito, Calçadão Cardoso Vieira
10h - Chegada de Lampião (PB), Praça da Bandeira
17h - Núcleo de Dança Passo a Passo (PB), Praça da Bandeira
19h - Candeeiro Natural (PB), Praça da Bandeira
19h - Alice no País das Maravilhas (MG), Teatro Municipal Severino Cabral
17 de agosto - Domingo
17h - Universo de Bolso, Praça da Bandeira
18h30 - Orquídeas Francesas, Praça da Bandeira
19h - Avental sujo de ovo (CE), Teatro Sesc Centro
21h - Quasar Cia de Dança (GO), Teatro Municipal Severino Cabral 
18 de agosto - Segunda
15h - Estórias, Teatro Sesc Centro
16h - Santo Amargo da Purificação, Praça da Bandeira
19h - Regina Sampaio, Praça da Bandeira
21h - Livro (RJ), Teatro Municipal
19 de agosto - Terça
17h - Tranz, Liu Santos, Palácio dar Artes Suellen, Praça da Bandeira
19h - Jubileu Filho (RN), Praça da Bandeira
21h - Amok: Histórias de Família (RJ), Teatro Municipal Severino Cabral
20 de agosto - Quarta
17h - Ballet da UEPB, Ponto de Cultura e Liu Santos, na Praça da Bandeira
19h - Sheilami, na Praça da Bandeira
21h - Ballet da Cidade de Niterói (RJ), no Teatro Municipal Severino Cabral
21 de agosto - Quinta
17h - Baú de Choro, na Praça da Bandeira
19h - Luis Kiari, na Praça da Bandeira
21h - Cia Cisne Negro (SP), no Teatro Municipal Severino Cabral
22 de agosto - Sexta
10h - Romance do Conquistador (RS), na Praça da Bandeira
17h - Looney Tunes, André Bidu, Roça City, na Praça da Bandeira
19h - Marcos & Damares, na Praça da Bandeira
21h - Maria Gadú (RJ), no Teatro Municipal Severino Cabral

23 de agosto - Sábado
10h - Festa Popular em Homenagem ao Dia Nacional do Folclore, na Praça da Bandeira
15h - Dom da Dança, Teatro Sesc Centro
18h - Ponto de Partida (MG), no Teatro Municipal Severino Cabral
19h - Yute Lions (RJ), na Praça da Bandeira
21h - Ponto de Partida (MG), no Teatro Municipal Severino Cabral

Problema causa suspensão da emissão de visto norte-americano em todo o mundo

Um problema no sistema norte-americano de emissão de vistos, em Washington, causou a suspensão da emissão do documento em todo o mundo. Diante do problema, que ainda não teve a causa identificada nem prazo para a normalização, a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil recomenda que pessoas sem visto e com viagem marcada para as próximas duas semanas adiem a partida.
À imprensa, a embaixada norte-americana em Brasília informou que a emissão dos vistos está sendo processada “mais devagar”. Até o dia 14, mais de meio milhão de vistos norte-americanos foram emitidos pela Missão Diplomática dos Estados Unidos no Brasil, em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e no Recife. O número é 4% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.
Uma nota do Bureau de Assuntos Consulares do Departamento de Estado Norte-americano informou que o problema surgiu após um procedimento de atualização do software, no último dia 20, para melhorar o desempenho do sistema. “Prevemos que vai levar semanas para retomar a capacidade de processamento de vistos completos”, diz trecho do documento.
O Departamento de Estado lamentou o problema, mas informou que não haverá reembolso para aqueles que foram prejudicados, em especial, estudantes de outros países.

“Lamentamos sinceramente qualquer atraso, inconveniência ou despesa que os candidatos tenham pode ter incorrido. Embora possa ser de pouco consolo para aqueles que experimentaram dificuldades, temos sempre muito cuidado para dizer que os viajantes não façam planos de viagem até fazer o visto estar em mãos. Mesmo quando o CCD [Centro Consular de Dados] está funcionando normalmente, pode haver atrasos nos vistos de impressão. O departamento não tem a autoridade para reembolsar os candidatos”, explica a nota.

Correios analisam pauta de reivindicações dos trabalhadores

Com data base marcada para amanhã (1º) de agosto, trabalhadores e Correios abriram as negociações para evitar uma possível greve a partir de 18 de setembro. Ontem (30), a Federação Nacional dos Trabalhadores de Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) entregou ao presidente em exercício da empresa, Nelson Luiz Oliveira de Freitas, a lista de reivindicações da categoria. Os trabalhadores pedem, entre outras demandas, reposição da inflação registrada no período (6,4%), além de 8% de aumento real e 11,93% relativos às perdas salariais do plano real. A entidade pede, também, reajuste linear de R$ 300 para todos os trabalhadores.
De acordo com o diretor da Fentect, James Magalhães, os trabalhadores querem aumento no valor do vale alimentação dos atuais R$ 28 para R$ 40, por dia; piso salarial de R$ 3.079. “A exemplo do que reivindicamos no ano passado, queremos também medidas contra o Postal Saúde, porque nosso atendimento médico tem piorado sensivelmente. Vários médicos se descredenciaram por falta de pagamentos [que deveriam ter sido feitos pela ECT]. Além disso, demora-se muito para obter autorizações. Seja para uma simples obturação, seja para procedimentos cirúrgicos”, disse Magalhães. Outra demanda apresentada pela federação é uma  jornada de 6 horas para atendente comercial e segurança nas agências.
“Já agendamos uma assembleia para o dia 17 de setembro. Com isso há reais possibilidade de greve a partir do dia 18 de setembro. Para que isso não aconteça, esperamos que a ECT comece o calendário para atender aos anseios de seus trabalhadores”, acrescentou o dirigente sindical que reclama de a empresa nos últimos três anos só ter negociado via Tribunal Superior do Trabalho (TST).
Contatada pela imprensa, a ECT informou que está analisando as pautas e o o impacto que ela poderá causar na folha de pagamento da empresa e identificar quais demandas podem ser atendidas. As primeiras reuniões para negociações das pautas de reivindicações estão previstas para os dias 6 e 7 de agosto. Por e-mail, a assessoria da empresa explica que “o fato de não chegarmos a acordo e termos que levar o dissídio para o TST não significa que não houve negociações. Temos feito várias negociações nos últimos três anos com as entidades sindicais, só na Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP) foram firmados 16 acordos nos últimos 9 meses, por exemplo”.

A estatal ressalta que está “sempre aberta" ao diálogo com a representação dos trabalhadores, o que motivou a criação da mesa de negociação, onde foram firmados os Termos de Acordo. A ECT reitera “sua disposição para continuar a dialogar com as entidades representativas dos empregados, com o intuito de fechar um acordo que seja o melhor possível para todos os trabalhadores e trabalhadoras como também para os Correios”, e que fará todos os esforços para evitar paralisações. A entidade destaca que caso a greve ocorra, estará “preparada para implementar o plano de continuidade de negócios, a fim de não causar prejuízo aos seus clientes”.