quinta-feira, 30 de julho de 2015

Estruturas dos viadutos serão reforçadas pelo Dnit em Porto Velho



As estruturas dos seis viadutos da travessia urbana da BR-364 em Porto Velho poderão ser utilizadas e terão suas bases e alças reforçadas. Esse foi o veredito de uma equipe multidisciplinar do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), em Brasília, que esteve em Porto Velho entre os dias 12 e 23 de julho para resolver as pendências que estavam atrasando o andamento das obras dos viadutos.
As informações foram passadas em primeira mão ao senador Acir Gurgacz, que esteve reunido com diretores e técnicos do Dnit, em Brasília, para tratar do andamento das obras em Rondônia. O senador já vinha cobrando mais agilidade na execução das obras da travessia urbana da BR-364 em Porto Velho e disse que ficou satisfeito com o parecer prévio da equipe multidisciplinar.
“A situação era preocupante, pois corria-se o risco de perder essas estruturas, o que aumentaria em muito o custo das obras, portanto, a avaliação técnica indica que as estruturas não foram comprometidas e isso dará mais celeridade para a conclusão da obra”, avalia Acir.
As informações foram passadas ao senador pelo diretor de Pesquisa e Planejamento do Dnit em Brasília, engenheiro Adailton Cardoso Dias, que também adiantou que o projeto executivo do contorno Norte de Porto Velho, também chamado de Rodovia Expresso Porto, está pronto para ser licitado, o que deve ocorrer nos próximos dias.
Na mesma situação está o projeto Multivias, de Vilhena, que foi elaborado pela prefeitura do município, juntamente com o Dnit, e que tem recebido apoio do senador Acir Gurgacz. Segundo o senador, estão sendo feitos os últimos ajustes no projeto, que também deverá ser licitado nos próximos 60 dias.
O senador Acir também tratou das adequações nas obras da BR-429. O diretor do Dnit disse que a construção das pontes de concreto e o serviço de manutenção da rodovia serão retomados em agosto. Serão construídas 15 pontes de concreto em substituição a pontilhões e pontes de madeira. Algumas pontes começaram a ser construídas em setembro do ano passado, mas as obras foram interrompidas no período das chuvas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário