quinta-feira, 30 de julho de 2015

Homem sofre tentativa de homicídio por esfaqueamento em Porto Velho



A polícia militar registrou uma tentativa de homicídio na madrugada desta quinta-feira (30), na Avenida Imigrantes, no Bairro Balsa, região Norte da capital. 
Um homem, identificado como Emerson Ramos, de 34 anos, foi esfaqueado na altura do tórax durante uma briga em decorrência de um acidente de trânsito, que ocorreu na rotatória da Avenida Imigrantes, próximo a ponte do Rio Madeira. 
A polícia militar foi acionada, e assim que chegou, conseguiu localizar e prender um dos suspeitos envolvidos no crime, homem de aproximadamente 25 anos, que seria o autor da tentativa de homicídio. O outro suspeito conseguiu fugir do local.
Populares ameaçaram fazer justiça com as próprias mãos tentando retirar o suspeito de dentro da viatura da PM, onde o suspeito estava algemado. Os policiais pediram reforço para conter a população revoltada.
A vítima foi levado ao João Paulo II pelos próprios policiais. Seu estado era considerado grave, e ele perdia muito sangue. 
O suspeito foi levado a central de flagrantes. A polícia seguirá com as investigações para localizar e prender o suspeito que continua foragido.
No último dia 21 de julho, um dos incêndios atingiu um deposito da Secretaria de Segurança Pública do Estado (Sesdec), onde ficam centenas de carros e também motos.
Um funcionário que preferiu não se identificar relatou que um morador da região ateou fogo em lixo acumulado no terreno em frente ao pátio e o ar espalhou as chamas pelo mato seco presente no local.
A secretaria alega que já está desenvolvendo ações para coibir as queimadas como campanhas educativas, palestras e pits stops. A pasta também estuda a possibilidade de contratar brigadistas para ficar à disposição no Corpo de Bombeiros. A escala de plantão dos fiscais ambientais para atender as denúncias também foi alterada para o cronograma de segunda a domingo, de 8h às 20h.
As queimadas são as principais responsáveis por causar ou agravar doenças respiratórias, incêndios e acidentes que podem resultar na morte de seres humanos e animais. Além disso, se o fogo for ateado em baixo de linhas de transmissão pode ocorrer falta de fornecimento de energia elétrica.
Segundo o Corpo de Bombeiros, a maioria dos incêndios é em terrenos baldios, mas o maior problema da fiscalização é identificar os responsáveis pelo incêndio. As denúncias sobre o incêndio são feitas, mas a maioria não identifica o infrator. 

Crime

O ato de queimar é crime previsto no código Ambiental Municipal pela Lei 138 de 2001. A queimada também gera multas que variam de R$ 2.592,00 a mais de R$ 5.904.000,00. As denúncias podem ser feitas por meio do número 0800 647 1320.

Nenhum comentário:

Postar um comentário