quinta-feira, 30 de julho de 2015

MP adere à campanha Sobreviventes, voltada para a conscientização no trânsito



O Ministério Público de Rondônia formalizou adesão à campanha de conscientização no trânsito intitulada 'Sobreviventes', lançada esta semana pelo Governo do Estado. A iniciativa, que tem como eixo central a divulgação de peças publicitárias com depoimentos de alto impacto de pessoas que passaram por acidentes nas vias públicas, tem recebido apoio de instituições do setor público, privado e da sociedade civil organizada. No ato de adesão, os parceiros assentem reproduzir o material da campanha em canais próprios de comunicação.
A adesão do MP/RO à iniciativa ocorreu nesta terça-feira (29/7), durante reunião na sede da Instituição, em que o diretor do Departamento de Comunicação do Governo, jornalista Domingues Júnior, apresentou o projeto ao Procurador-Geral de Justiça, Airton Pedro Marin Filho. Também participaram da reunião o Coordenador de Planejamento e Gestão, Promotor de Justiça Jorge Romcy Auad Filho, a Promotora de Justiça da Saúde, Rosângela Marsaro Protti, além da equipe de Comunicação do Ministério Público.
Ao ouvir a proposta da campanha, o Procurador-Geral do MP/RO assegurou o apoio da Instituição à ideia, enfatizando que a causa diz respeito a toda a sociedade rondoniense, em razão dos altos índices de acidentes no Estado. Na ocasião, foi definido que o Ministério Público disponibilizará as peças da campanha nos veículos de comunicação institucional, dentre os quais as redes sociais.
O diretor do Departamento de Comunicação ressaltou a importância da participação do MP na iniciativa, afirmando que o sucesso da campanha depende não apenas da qualidade do material que será divulgado, mas também da integração da sociedade. O jornalista exibiu parte dos vídeos com depoimentos de pessoas que tiveram membros amputados em decorrência de acidentes e falou da dimensão do trabalho que será implementado. A campanha é composta por peças como VTs, banners e outdoors de alta qualidade para chamar atenção do telespectador, internauta, ouvinte e leitor de jornais e revistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário