sexta-feira, 31 de julho de 2015

Transpetro põe em operação navio Oscar Niemeyer, para transporte de GLP



A Transpetro começou a operar na quinta-feira (30), um navio gaseiro (destinado ao transporte de gás liquefeito de petróleo) batizado com o nome do arquiteto Oscar Niemeyer. A embarcação foi entregue à empresa, subsidiária da Petrobras, no Estaleiro Vard Promar, em Niterói, no Rio de Janeiro.
É o primeiro navio gaseiro construído no estado do Rio e a 11ª embarcação do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef) a entrar em operação. A viagem inaugural será para Barra do Riacho, no Espírito Santo, onde fará a primeira operação de carregamento.
O Estaleiro Vard Promar está construindo cinco embarcações do Promef, das quais três se encontram em estágio de acabamento.
Além do navio Oscar Niemeyer – homenagem ao arquiteto morto em 2012, aos 104 anos de idade –, os navios do Promef que já estão operando são: os suezmax André Rebouças, Henrique Dias, Dragão do Mar, Zumbi dos Palmares e João Cândido; o panamax Anita Garibaldi; e os navios de produtos José Alencar, Rômulo Almeida, Sérgio Buarque de Holanda e Celso Furtado.
O navio Oscar Niemeyer tem 117 metros de comprimento, 19 metros de largura e 34 metros de altura. Tem capacidade para transportar 7 mil metros cúbicos de gás, distribuídos em dois tanques. Se destina, prioritariamente, à navegação de cabotagem, próxima da costa. As informações foram divulgadas pela Transpetro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário