terça-feira, 21 de junho de 2016

Funcionários da Caerd paralisam trabalhos por 24 horas em Ji-Paraná

Funcionários da Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia (Caerd) iniciaram na manhã desta terça-feira (21), uma paralisação que deve durar 24 horas em Ji-Paraná, região central do estado de Rondônia. Os trabalhadores tentam finalizar o acordo coletivo para a categoria e pedem melhores condições de trabalho. A ação não deve prejudicar os trabalhos da companhia, segundo superintendência.

Os servidores concursados da Caerd paralisaram seus trabalhos por um dia. De acordo com o  representante do Sindicado dos Urbanitários, Irineu Cardoso, desde 19 de abril, a categoria tenta finalizar o acordo coletivo, mas não obtém respostas da empresa. "O sindicato protocolou uma pauta de reivindicação com a diretoria para dialogar, mas isso não aconteceu até agora, por isso, os funcionários decidiram parar suas atividades por 24 horas, para manifestar o descontentamento com o descaso da diretoria", afirma.

Segundo Irineu, as principais reivindicações dos trabalhadores são por melhoria nas condições de trabalho e mais investimentos do Governo na Caerd. "Nós temos o entendimento que nos últimos anos o governo não conseguiu investir na Caerd, em saneamento básico e água tratada. E isto está na pauta do nosso acordo coletivo, ou seja, o fortalecimento da Caerd para prestar um serviço de qualidade à população", afirma.

Em contato com a superintendente adjunta da Caerd em Ji-Paraná, Elizabete Garbo dos Santos, ela afirmou que a paralisação não deve prejudicar os trabalhos da companhia. Sobre as negociações, Elizabete afirma que já está negociando com a categoria, mas, por enquanto, não pode adiantar informações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário