quarta-feira, 22 de junho de 2016

Morte de idoso levanta dúvidas sobre segurança na rodoviária de João Pessoa

                                                Rodoviária em João Pessoa

A morte de um idoso de 64 anos dentro da rodoviária de João Pessoa levantou questionamentos da população sobre a segurança no local. A vítima estava no terminal de desembarque quando foi abordada por um homem e atingida por dois golpes de faca. O idoso não resistiu e morreu após atendimento médico. Mesmo assim, a polícia garante que o local é seguro e que possui policiamento rotineiro.

De acordo com o coronel Lamark, comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar (1º BPM), a segurança do Terminal Rodoviário de João Pessoa é feita por policiais militares que se revezam entre o patrulhamento da rodoviária e do Terminal de Integração do Varadouro.

“A segurança é feita na modalidade a pé, entre a Integração e a rodoviária. No evento de ontem foi feita perseguição ao suspeito, mas ele conseguiu fugir. Em período festivo, a PM aumenta o número de policiais que fazem o policiamento desses locais para dar mais segurança aos usuários”, contou o coronel.

Ainda segundo o comandante do 1º BPM, a rodoviária é um local seguro e, fora o caso do idoso, nenhuma outra ocorrência de crime havia sido registrada no interior do terminal.

“O terminal rodoviário é um local seguro e não temos registros de ocorrências em seu interior. Vale salientar que, só ontem (segunda-feira), na circunvizinhança do terminal prendemos três indivíduos, dois com porte ilegal de arma e um por mandado de prisão em aberto”, afirmou o coronel.

À imprensa, a Socicam, empresa que administra a rodoviária da Capital, informou que a rodoviária também recebe segurança privada e que a empresa prestou os primeiro atendimentos ao idoso quando ele foi ferido.

“Esclarecemos que o fato ocorrido no Terminal Rodoviário de João Pessoa já está sob investigação dos órgãos competentes. Na ocasião, nossa equipe de operações prestou os primeiros atendimentos, enquanto o Samu era acionado. Infelizmente a vítima não resistiu e veio a óbito no hospital”, informou a Socicam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário